3 Dicas para aproveitar melhor o espaço da academia

Como otimizar o espaço da sua academia para que seus alunos e funcionários estejam sempre seguros e confortáveis.

Muitos empreendimentos estão fora dos padrões que foram pensados inicialmente, pelo menos no campo das ideias, e aproveitar melhor o espaço da academia é fundamental para oferecer maior conforto aos alunos, bem como modalidades diferentes.

Algumas áreas costumam ser bastante pequenas, principalmente no caso de grandes metrópoles, onde não é muito comum encontrar o imóvel ideal em determinadas situações.

Caso você ainda não tenha dado início ao seu projeto ou esteja procurando um local para abertura, preocupe-se em seguir de fato o projeto, pois ele fará toda a diferença.

Sem contar que a quebra de expectativas dos clientes que estão chegando agora, pode oferecer um desânimo logo de cara. Fuja disso!

Para que a sua mente tenha uma maior amplitude sobre o tema, desenvolvemos este texto com três dicas fáceis e que poderão lhe auxiliar, mesmo que já tenha o seu negócio muito bem estruturado. 

Como aproveitar melhor o espaço da academia

A sua academia precisa ter um estilo próprio, afinal, a ampla concorrência tem nos mostrado que muitas delas são “mais do mesmo”.

Quando um aluno se identifica com o ambiente, dificilmente ele irá mudar o local de treino. Isso porque você terá feito um bom trabalho a respeito do visual e do clima do ambiente.

De preferência, utilize as cores da sua identidade visual, que já são aplicadas em uniformes, placas, sinalizações, redes sociais e demais materiais. 

Tudo isso fará com que exista um fortalecimento de marca, ou seja, onde quer que o seu aluno esteja, quando bater o olho e observar seus materiais, ele saberá que está sendo falado a seu respeito.

Além disso, as cores influenciam muito na forma como as pessoas são impactadas, uma vez que são capazes de gerar diferentes tipos de sensação. 

Tons de azul, por exemplo, são muito agradáveis para acalmar e manter a concentração, podendo ser utilizados na área de pilates e yoga, por exemplo.

No caso do amarelo, ele pode ser energizante, alegre e estimulante, oferecendo um ambiente bastante aconchegante para que os treinos aconteçam.

O laranja reforça a ideia de movimento, sendo ideal para ambientes que necessitam de maior disposição. 

Já os tons mais neutros, como preto, cinza, branco e marrom, devem ser predominantes naqueles ambientes em que você deseja demonstrar ousadia ou modernidade, trabalhando também com uma iluminação que valorize o local e forneça maior destaque. 

Para a recepção, essas são cores muito indicadas (tons neutros), uma vez que a presença de muitas cores pode confundir o cliente, sendo que você deseja que ele passe mais tempo, a fim de obter maiores informações sobre a academia, bem como feche o contrato.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as cores, vamos dar início às dicas.

Planeje um espaço seguro e confortável para seus alunos

Além de o espaço precisar estar em compatibilidade com as modalidades oferecidas, é extremamente importante que seja descontraído e muito seguro. 

É necessário que exista um fluxo para que a circulação se dê da melhor maneira, evitando que os alunos trombem em aparelhos ou tropecem em itens espalhados.

Até porque, dessa forma, acidentes podem acontecer, independente da idade das pessoas que estão realizando o treino, podendo inclusive acometer os próprios funcionários.

Ou seja, a otimização de espaço é crucial e extremamente importante! 

Além disso, também é preciso oferecer uma boa visualização de todos os itens, para que os riscos sejam minimizados.

De atenção às paredes e ao piso

Academias menores podem contar com instalações de nichos, prateleiras e armários, uma vez que podem comportar itens necessários para as práticas, acessórios e objetos pessoais dos próprios alunos.

Espelhos também tendem a oferecer uma maior amplitude, além de serem decorativos e criarem a uma atratividade para as famosas fotos postadas nas redes sociais.

Além disso, a decoração pode conter objetos que sejam a cara da academia, como cartazes, quadros, suportes e pôsteres, por exemplo.

Outro detalhe importante que deve ser observado é o piso, pois as escolhas certas possibilitam muito mais durabilidade e estética, fazendo com que os gastos com manutenção periódica sejam menores. 

A escolha do piso vai depender muito do local onde ele será instalado, por isso, criamos um post voltado apenas para esse assunto: “Melhor piso para academia, como escolher?

Organize os aparelhos por setores 

Os grupos musculares a serem trabalhados devem ter seus aparelhos em ambientes separados por setor.

A modalidade de exercício e o perfil da atividade física de cada um deles também deve ser levado em consideração. 

Um bom exemplo é ter em um setor todos os aparelhos que sejam destinados aos músculos das pernas, enquanto em um outro local ficarão agrupados os aparelhos referentes ao braço. 

Dessa forma, é possível oferecer aos alunos uma maior facilidade enquanto estão treinando, além de evitar o deslocamento dentro da academia e a constante troca de aparelhos.

Lembre-se de não deixar várias coisas acumuladas em um único local, pois dessa forma a movimentação pode ser afetada, dificultando a circulação de pessoas e funcionários.

Essas são apenas algumas pequenas dicas para que você possa organizar a sua academia e aproveitar cada espaço de maneira muito mais eficiente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Sem comentário ainda, deixe o seu abaixo!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat