Música é emoção, diversão e arte. Mas também é investimento, negócio e trabalho duro

Texto produzido e enviado pelo parceiro ECAD

Não dá para imaginar uma academia sem o uso da música para gerar mais estímulo e dar ritmo às atividades. Seja na ginástica, dança, spinning ou musculação, as batidas e melodias são imprescindíveis para a manutenção do clima, o sucesso das aulas e motivação dos alunos. 

Para ter uma ideia da importância de uma boa trilha sonora, um estudo recente mostra que a música é um elemento essencial na experiência do cliente em qualquer comércio: a cada 10 clientes, 8 preferem consumir em estabelecimentos que tenham sonorização. Além disso, a pesquisa também revela que a música impacta diretamente na produtividade dos funcionários, reduzindo taxas de absenteísmo e estresse. 

Como escolher a trilha sonora ideal para a sua academia 

Ouvir música aumenta os níveis de prazer e melhora a concentração na hora do exercício. Confira algumas dicas para garantir que a programação musical da sua academia seja um sucesso e atraia cada vez mais clientes: 

 – Conheça seu público: faça pesquisas com os alunos sobre seus gêneros musicais preferidos e saiba os horários de maior movimento. Assim, você consegue adequar a trilha sonora à diferentes faixas etárias.  

 – Adapte a música ao exercício: uma aula de spinning pede uma música bem agitada, enquanto a aula de yoga exige relaxamento. Nas áreas comuns, com esteiras, bicicletas e musculação, é importante manter uma trilha sonora que ajude a dar energia.  

 – Monte a sua playlist: você pode utilizar uma playlist pronta de alguma plataforma de streaming, criar a sua própria lista ou então contratar uma empresa especializada em sonorização ambiental, sempre respeitando os direitos dos criadores musicais. 

 – Variedade é importante: não fique preso à mesma playlist durante o mês inteiro ou a listas de músicas fixas para cada dia da semana. É legal mesclar também na sua programação os principais lançamentos musicais, desde que sejam adequados ao seu público.  

 – Atenção ao volume: na academia, a música ajuda a dar o ritmo do exercício, mas pode atrapalhar se estiver muito alta. O ideal é manter o volume um pouco acima de uma conversa entre duas pessoas.  

A importância do direito autoral e a licença fornecida pelo Ecad 

Para as academias, a música é entretenimento e uma importante ferramenta de trabalho. Mas ela também é fruto do trabalho duro de compositores, intérpretes e músicos, que se esforçam para criar as canções que irão embalar os seus alunos. O Ecad existe justamente para isso: para garantir que a cadeia produtiva musical continue produzindo através do pagamento dos direitos autorais. 

 Afinal, como qualquer outro profissional, o artista precisa viver do seu trabalho e o direito autoral é uma das formas de remunerar aqueles que vivem da música. Por esse motivo, as academias que utilizam música para sonorizar o ambiente devem pagar direitos autorais aos compositores, intérpretes e músicos por meio do Ecad, conforme determina a lei 9.610/98.  

 A licença fornecida pelo Ecad traz uma série de benefícios e abrange a execução de toda e qualquer música. Isso quer dizer que você tem acesso a uma quantidade ilimitada de músicas, desde os grandes sucessos até clássicos nacionais e internacionais, permitindo grande variedade e adequação do repertório ao perfil dos seus alunos. Com isso, você tem total liberdade para escolher o que tocar 24 horas por dia! 

 Quer saber mais? Baixe o e-book gratuito desenvolvido pelo Ecad e pela Rádio Ibiza com todas as dicas e exemplos práticos para garantir que a programação musical da sua academia seja um sucesso e atraia cada vez mais alunos.   

Pagamento durante a pandemia

Os boletos de janeiro foram emitidos com 50% de desconto na mensalidade. A manutenção desse valor reduzido é fruto da parceria do Ecad com a Associação Brasileira de Academias (Acad), entidades que vêm buscando a melhor maneira de viabilizar o pagamento para as academias, sem prejudicar milhares de profissionais da música que vivem desta receita.  

É importante reforçar que, caso a sua academia esteja fechada, você deve desconsiderar o boleto recebido e informar o seu status de funcionamento à unidade do Ecad responsável pela sua região.  

Saiba mais em www.ecad.org.br.

 

Fonte: Texto produzido e enviado pelo parceiro ECAD

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Sem comentário ainda, deixe o seu abaixo!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat